Santuário – William Faulkner

Publicado pela primeira vez em 1931, este livro foi aclamado pelo público e pela crítica.
Passada no condado fictício de Yoknapatawpha no Mississipi, a estória descreve a trajectória da jovem Temple Drake rumo à decadência, a luta infrutífera de Horace Benbow por justiça e conta com a presença incontornável de Popeye, personagem de extrema força cujas aparições em cena conferem um tom singular à narrativa de Faulkner.

Ideias Chave:
– Decadência moral; Desespero; Violência, Horror, cinismo, crueldade, sofreguidão.

Motivos de Interesse:
– Nobel da Literatura;
– National Book Award;
– Pulitzer Prize (2x)
– Obra classificada como Modernista, cuja técnica de escrita recorre ao designado “fluxo de consciência” consagrada por Joyce, Woolf, Joyce e Mann.

Curiosidades:
– único livro assumidamente “comercial” escrito por Faulkner.

A favor:
– Livro mais acessível de Faulkner;
– capacidade invulgar de induzir o leitor numa ideia ou acção;
– a arte sublime de não dizer ou não contar.

Contra:
– Parágrafos longos, muitas vezes interrompidos por pensamentos e ideias apostas e opostas, também eles longos, que exigem alguma grande capacidade de concentração.

Resumidamente:
Aconselho vivamente. Divinal.

fb/2011/08

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s