o último cabalista de lisboa

de Richard Zimler

Em Abril de 1506, durante as celebrações da Páscoa, cerca de dois mil cristãos-novos foram mortos num progrom em Lisboa e os seus corpos queimados no Rossio, O Último Cabalista de Lisboa, best-seller em onze países, incluindo os Estados Unidos da América, Inglaterra, Itália, Brasil e Portugal, é um extraordinário romance histórico tendo como pano de fundo os eventos verídicos desse mês de Abril de 1506.

Apesar disso, deixei este livro a meio. Não que fosse particularmente mau. Simplesmente não é para o meu gosto. Além do mais, chegamos a uma idade em que nos consciencializamos que o tempo, esse bem tão precioso, urge. Pelo que nos tornamos bastante pragmáticos com a sua afectação. E assim, pela primeira vez na minha vida, arrumei um livro, não apenas sem o terminar como já tinha feito antes como também sem qualquer vontade de lhe voltar a pegar. E isto sim, é inédito.

fb/2012/12

One Comment Add yours

  1. Sara Augusto diz:

    Quase sempre começo. Depois arrasta-se, depois páro. Mas não é o mesmo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s