A Cardíaca

Não estava nos meus melhores dias, esteticamente falando digo. Estava mesmo com mau aspecto. Sim, acho que se pode dizer. Mas acho que nem teve a ver com isso. Ela assustou-se, acredito que pelo inesperado de encontrar um vulto nas escuras, à saida do elevador. Ainda para mais quiseram as forças do universo que naquele exacto momento em que a porta do elevador se abriu eu tivesse atendido uma chamada telefónica de forma bastante sonora, tinha-me esquecido dos headphones nos ouvidos. Que ela sofresse do coração e que andasse mais assustadiça desde que o marido fora assassinado,  não é minha culpa.  Eu apenas não acendi a luz.

Já por diversas vezes quis aprender manobras de reanimação mas não o quis o acaso.

E os ataques cardíacos até são bastante incomuns em mulheres. Deus é fodido !

fb/2010/09/09

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s