on chesil beach

OnChesilBeach.jpg

Este é o penúltimo romance de Ian McEwan. Bem estruturado, bem engendrado, com alguma imaginação, mas que percorre invariavelmente lugares comuns e clichés. O livro relata fundamentalmente um episódio determinante na história das vidas de Edward e Florence, jovens inocentes recém casados, que é a sua noite de núpcias. O antes, o depois (esse “how they lived ever after” que transforma negativamente qualquer boa estória) e o durante. Esse durante que efectivamente se transmite de forma soberba. O livro vale aliás pelo durante. Tudo o resto é acessório, tudo o resto é comum e o final é uma coisa pirosa e do mais infértil que já li. E assim, creio que todos os adjectivos utilizados para classificar este livro pecam por excesso, como aliás todos os adjectivos utilizados para classificar a restante obra deste “Sr.”. Estamos mais uma vez perante um guião cinematográfico, em que facilmente se vislumbram as cenas fotográficas carregadas de emoção e dramatismo. Definitivamente não é para mim.

fb/2011/agosto/01

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s