Quando os homens se juntam…

A união de muitos indivíduos é sempre mais elementar do que poderá ser um só indivíduo – Fernando Savater.

Há funções para as quais a sociedade é muito útil, senão indispensável. Obtenção de alimento, defesa perante outras sociedades hostis, luta contra o meio-ambiente, etc. Diria que funcões básicas e primárias, associadas à sobrevivência e proliferação da espécie. Ora o pensamento não parece fazer parte dessas necessidades. De facto, tal como o andamento de uma caravana de 100 camelos não é determinado pelos 99 mais velozes mas sim pelo único coxo do conjunto, também a capacidade de pensamento dos homens se regula pela do mais estúpido, sempre que estes se juntam. Duas pessoas podem discutir, duas mil não ! Talvez consigam articular alguma palavra de ordem, algum som em uníssono, tal e qual um coro de uma claque de futebol num estádio. O mesmo já não seria exequível na produção e articulação de um conceito ou de um pensamento. Para reflectirmos ou raciocinarmos, para produzirmos intelectualmente, precisamos de estar sós ou de ser poucos. A diferença entre o contributo fornecido à genialidade humana por qualquer filósofo, cientista, investigador, etc, passado ou contemporâneo e uma bancada de um qualquer estádio de futebol deveria ser suficiente como demonstração. Uns, individualmente, deram-nos tudo o que hoje sabemos e conhecemos. Outros, o melhor que conseguiram produzir até hoje foi a “hola”. Por outras palavras, estar em companhia, em sociedade, tem na generalidade dos casos um efeito deprimente sobre o desenvolvimento e sobre o exercício prolífico das nossas faculdades mentais. Porque, a associação entre indivíduos, tal como no “caso” dos camelos*, comporta um nivelamento por baixo.

É caso para dizer que quando os homens se juntam, tornam-se mais estúpidos.

F.B.

(Notas pessoais de leitura d’O elogio do Imbecil de Pino Aprille)

* – qualquer associação conceptualizante entre homens e camelos é um exclusivo da vossa imaginação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s